Menu

Tragédia envolvendo indiretamente League of Legends causa revolta

lol_gustavo

fonte: g1

Neste sábado (15/10) aconteceu uma tragédia envolvendo indiretamente o jogo League of Legends. Gustavo Detter, de 13 anos, da cidade de São Vicente, litoral de São Paulo, morreu após se enforcar com uma corda, um desafio que ele e seus amigos faziam, caso fossem o responsável por fazer com que o seu time perdesse em alguma partida. Sendo um método de punição ou algo apenas por diversão, acarretou na fatalidade do jovem no dia seguinte (domingo).

Seus amigos, após notarem que Gustavo estava inconsciente através da webcam, ligaram para seu primo para que o mesmo pudesse socorre-lo e, mesmo sendo socorrido e levado ao hospital Ana Costa, o jovem rapaz infelizmente não resistiu e veio a falecer algumas horas depois.

A polícia de São Vicente ainda investiga o caso, no entanto mais detalhes não foram liberados.  Uma das maiores comunidades de LoL, o The Rift Herald prestou suas condolências ao jovem garoto através do canal Polygon. Nós do Ninja Gamer também gostaríamos de prestar nossas condolências para a família por esta tragédia ocorrida com Gustavo.

l_o_l_gustavo

League of Legends é um dos games favoritos aqui da redação, sendo o mais viciado o Ninja KAPE, nosso representante oficial no LoL!

O Ninja também gostaria de ressaltar que é triste ver jovens perderem a vida por brincadeiras inconsequentes, e claro, não consideramos o game responsável pela morte do garoto. No entanto, repudiamos ainda mais o pouco caso dos fãs desenfreados do jogo com suas atitudes pouco humanas nas redes sociais. Muitos criticaram a mídia, por fazer alusão à culpa do jogo LoL, o que realmente não esta errado, já que League of Legends não foi responsável pela morte do rapaz.

No entanto não levantaram um dedo para dar condolências a família do jogador, alguns ainda o criticaram (o jovem falecido) pesadamente. Só souberam criticar de maneira negativa como se a vida do garoto não fosse nada, e seus queridos jogos eletrônicos fossem tudo. Gostaria que tivessem a mesma força para defender seu país e não só um jogo eletrônico. Enquanto sites brasileiros culpam o Game e os jovens ignorantes do nosso país atacam nas mídias sociais, sites estrangeiros foram os únicos a falar o quão triste é o caso de um garoto de 13 anos vir a falecer. E ainda deu espaço para condolências para equipes que, além de serem jogadores de LoL, também são seres humanos.

Alguns jogadores brasileiros de LoL podem até ser bons (ou não!), mas ainda falta muito para serem considerados seres humanos… cresçam!

Vinicius Tarouco
Redator e Analista SEO. Jornalista por paixão e aficionado por tecnologia, livros e jogos eletrônicos.

Seja o primeiro a comentar, colabore com o Ninja Gamer!

Deixe uma resposta